A história de Santa Rita de Cássia

O maior sonho de Santa Rita de Cássia era se entregar a vida religiosa. Infelizmente, não foi assim no princípio. De fato, devido ao contexto histórico, Santa Rita acabou sendo entregue, pelos seus pais, ao matrimônio com Paolo Ferdinando. Em tempos difíceis, Santa Rita sabia que seu marido a traia e mesmo assim, não queria viver o pecado do divórcio.

Sendo fiel a sua fé, Santa Rita nunca deixou de orar pela conversão de seu marido. Todo esse trabalho e fé, se tornou convicto quando se concretizaram, após 18 anos. Aconteceu que, depois de muitos anos e com um resultado tão maravilhoso, ela passou a ser um exemplo, para outras mulheres ao seu redor.

Santa Rita no Convento

Depois de um breve tempo convertido, Paolo acabou sendo assassinado, o que levou seus filhos a buscarem vingança por sua morte. Santa Rita, sabendo da grandiosidade de um pecado como este, esteve sempre em oração, para que seus filhos não agissem de forma errônea. Acabou que seus filhos não vingaram a morte de seu pai, pois ambos morreram devido a peste presente naquela época.

Passado um tempo, Santa Rita acabou ficando sozinha e começou a frequentar o convento das irmãs Agostinianas. Devido a toda tragédia ocorrida na vida da irmã, as demais freiras acabaram por não acreditando muito em sua vocação como freira e não a queriam mais no convento.

Até que um dia, Santa Rita recebeu um sonho do Divino, onde pode ver São João Batista, São Nicolau e São Francisco. Estes, a levaram de volta para o convento, no meio da noite, onde a mesma ficou esperando para ser atendida na madrugada.

Contando suas histórias para as freiras, as mesmas não negaram, então, a sua chegada e nem tão pouco sua estadia. E assim, desde então, por 40 anos, Santa Rita de Cássia devotou toda sua vida ao Senhor e a vida Cristã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *